Obs: Nosso site mostra acompanhantes, com ele é para maiores de 18 anos.

Tradicionalmente, a prostituição é praticada em locais dedicados exclusivamente a esse fim, chamados de “bordéis”. São casas administradas por pessoas, nas quais há homens ou mulheres, dependendo da orientação do local e salas privativas onde os clientes são atendidos.

A prostituição também pode ser praticada nas ruas ou em alguns bares e boates. Nas últimas décadas, os métodos de divulgação chegaram a anúncios na imprensa, na Internet em sites do nicho, e até mesmo anúncios na TV por assinatura em canais adultos.

Para finalizar, os serviços também são realizados em casa ou de forma independente, no caso das acompanhantes de luxo que possuem o próprio site ou perfil na internet. O que abre espaço para diferentes serviços associados à prostituição.

Prostituição de rua

A mulher que exerce esta atividade geralmente se veste com roupas provocantes, justas ou reveladoras. Elas podem ser vistas em locais públicos, como esquinas, praças, parques ou ao caminhar por avenidas ou ruas.

Elas geralmente esperam até que o cliente inicie o contato para começar a negociação. Normalmente as atividades são realizadas no veículo do cliente, em um local isolado ou em um hotel de classe baixa próximo ao local de encontro.

Esta categoria de prostituição é a que acarreta mais perigos e riscos para os profissionais; porque estão na rua e estão expostos a criminosos ou qualquer tipo de agressão violenta. É também considerada a que apresenta maiores riscos para a saúde.

Acompanhantes de luxo

Chama-se quem oferece sua companhia em determinado local ou evento, fingindo a existência de uma relação sentimental, posteriormente pode decidir prestar ou não o serviço sexual necessário, de acordo com o combinado entre si.

Elas são de categoria superior e, frequentemente, empregada por agências e outras grandes organizações como parte da hospitalidade oferecida a clientes e visitantes oficiais; a hospitalidade nesses casos é considerada mais cortês se as meninas não parecerem acompanhantes.

Normalmente, esse tipo de serviço é realizado por mulheres com aparência impecável, bem vestidas, treinadas para saber como se comportar em alta sociedade, carismáticas, que se comuniquem bem e, até mesmo, saibam falar outro idioma. O serviço inclui acompanhamento em festas, reuniões, hotéis luxuosos e viagens.

Garota de programa

Elas ficam em seus apartamentos pessoais, locais que usam para se encontrar com clientes ou bordéis, e marcam encontros por telefone. Seus clientes são informados sobre elas por meio de outros clientes, outros agentes, ou, ao frequentarem o bordel, e contratam o serviço.

Quando a garota de programa é agenciada pelo bordel e outros, deve pagar uma comissão do valor de cada serviço realizado com seu cliente. Normalmente, trabalham e cobram por hora.

Prostituição masculina

Como já dissemos, a maioria das pessoas que praticam a prostituição são mulheres que oferecem seus serviços aos homens. Mas, existem também “os garotos de programa” ou “gigolôs”, embora em menor número, geralmente prestam seus serviços a outros homens, ou, para as mulheres, mas em menor proporção. Geralmente é apenas para um ou outro, mas não para ambos; embora haja sempre muitos casos e principalmente dependendo do dinheiro oferecido.

Estabelecimentos onde a prostituição é comum

Locais de diversão noturna (boates): em alguns casos o estabelecimento não tem qualquer relação com a prostituta; Por hábito e à medida que a notícia se espalha, o local vira uma espécie de bar de solteiros, para onde os clientes vão porque sabem da grande concentração de prostitutas e vice-versa.

Noutros casos, o local e a mulher que exerce a atividade têm uma relação estabelecida entre eles; Em troca de uma comissão sobre as bebidas servidas, ela deve cumprir um mínimo de padrões previamente estabelecidos entre o local e ela. O cliente deve pagar uma "multa" para que a mulher possa ir com ele, pois ao sair há menos garotas e o local perde atratividade, da mesma forma o cliente deixa de consumir e, portanto, a boate "perde dinheiro".

Salões de massagem

Os "massagistas" (mulheres ou homens), além de fazerem massagens, oferecem práticas sexuais em troca de dinheiro. As atividades sexuais são geralmente realizadas nas mesmas seções de massagem, embora você possa estabelecer acordos para realizá-las fora das instalações. Como nos bares, o cliente recebe uma "multa" para que a massagista falte ao trabalho. Em ambos os casos, a prostituta se beneficia de um ambiente de trabalho mais seguro.

Como podemos observar, o serviço de prostituição pode ser realizado através de intermediadores ou pelo próprio profissional, no entanto, é preciso ficar atento a possíveis casos que envolvam crimes de exploração sexual, violência, negociação e exploração sexual de menores de idade, e tráfico de mulheres. Caso suspeite de algum caso, denuncie através do número de telefone 180 ou 100.

LEIA COM ATENÇÃO:
Todos os conteudos do site são totalmente para um publico maior de 18 anos de Idade:
1. AO PÚBLICO DE MAIOR: Nossos conteúdos não são moderados e podem ter conteúdos textuais e imagens de conjunto, com caráter erótico e/ou pornográfico que não são adaptados a indivíduos sensíveis ou que não aprecie imagens explícitas de caráter sexual.
2. Não temos alguém para controlar todo conteúdo de nosso site. Acompanhantes Goiania